× iCasei

Baixe o App do nosso casamento e busque: paulaebebeto

Baixar

Paula e Bebeto

SEJAM BEM-VINDOS AO NOSSO SITE
Paula e Bebeto

Sobre os noivos

Um pouquinho da nossa história...

Olinda, terça-feira, 17 de Fevereiro de 2015.
Carnaval, Amigos, Calor, Cervejas, Ladeiras, Chuva... esses foram os principais protagonistas da nossa história.
Para ser bem sincera, eu (Paula) não estava nem a fim de ir para Olinda nesse dia. Final de Carnaval, cansada das maratonas de festas e mais festas, já com aquela ressaca carnavalesca inerente ao período, mas cedi aos argumentos de uma grande amiga minha, que não mora em Recife, que estava com um grupo de amigos, que ela dizia ser super animado e insistiu para que eu fosse, pois não iria me arrepender. Ainda fiquei na cama, pensando em dormir mais, mas aquela pulguinha atrás da orelha falou mais alto: se eu ficar aqui, vou dormir mais e quando acordar tenho certeza que vou me arrepender de não ter ido. Pensando assim, criei coragem e fui me arrumar para "as Olindas".
Nos vimos pela primeira vez na vida no famoso ponto de encontro para quem vai subir as ladeiras, aquele posto Petrobrás, perto do Largo do Varadouro (pelo menos eu acho que esse é o ponto de referência). Fomos todos devidamente apresentados e eu vi ele, Bebeto. Até pensei: poxa, bonitão, hein?! Mas, quem me conhece sabe, quando ele sorriu, tudo morgou! Hahahahaha....
Lá para as tantas, depois de várias cervejas e brincadeiras, eis que ele quis me acompanhar numa ida ao banheiro. Eu insisti que não precisava, mas ele sendo tão "prestativo", bateu o pé e disse que eu não iria sozinha.
Foi nesta ida ao banheiro que o Bonitão tinha seu plano infalível: me encurralar na bendita fila do banheiro, sem que ninguém pudesse interferir e me deu um beijo!
Ele, com certeza, tem a versão dele para toda essa história e, metido do jeito que é, sempre diz que eu era quem tava "atrás" dele, mas toda história tem duas versões, mas quem tá escrevendo sou eu, então vocês saberão da minha. :)
A menos que ele queira escrever também, o que acho muito pouco provável... hehehehe!

Rio de Janeiro, terça-feira, 17 de Março de 2015.
Eu estava fazendo um curso pelo trabalho e ele tinha um evento por lá também, que nem era tão importante assim, mas sabem como é, né?! Ele deu um jeito de ir para o Rio :)
Em algumas das nossas conversas antes, ele ficava citando esse evento e fazendo "doce": não sei se vou, porque num sei o que mais lá, mas se eu for, blá, blá, blá... na verdade era tudo para que eu ficasse insistindo que ele fosse.
Quem conhece Bebeto sabe que ele adora uma "bajulada". Na verdade ele tava doido para ir, não queria me deixar sozinha, muito menos no final de semana, mas não queria colocar as cartas na mesa.
Obviamente ele não resistiu e foi para lá ficar comigo... e foi assim que oficializamos nosso "grude" e não "desgrudamos" mais.

E assim começou toda nossa história, uma brincadeira que virou uma feliz realidade.
Quem iria imaginar que um Carnaval em Olinda pudesse render tanta coisa boa!

Beijos para todos!

Paula e Bebeto.

"Ê vida, vida, que amor brincadeira, à vera
Eles se amaram de qualquer maneira, à vera"